sábado, 25 de fevereiro de 2012

Cidadania Mais ou menos. Assim eu não quero!


A massificação procura baixar a qualidade artística para a altura do gosto médio. Em arte, o gosto médio é mais prejudicial do que o mau gosto... Nunca vi um gênio com o gosto médio.
Ariano Suassuna.

 Concordar com uma política mais ou menos. É continuar assim... Vivendo na mediocridade de uma cidadania empobrecida. 

Sejamos como as crianças, que constroem suas ações todos os dias, de acordo com suas necessidades verdadeiras.

Não quero uma cidadania mais ou menos... Quero-a toda! Tenho pressa! Temos urgência! Pois o mundo não acabou e nem vai!

Meditando nas palavras de Ariano Suassuna fui pouco a pouco sendo invadia por um desconforto interior, fazendo-me lembrar de uma música que diz assim... “a minha alma está armada e apontada para a cara do sossego...” Rapa.

Quem em sã consciência começaria uma guerra contra o sossego? Quem não busca o sossego com todas as forças do ser? Desde que a humanidade existe, ela procura o sossego desesperadamente.
Mas não quero o sossego comercializado. Aquele que aparece na TV.

Quero o sosseguiin, aquele da rocinha, da cidade segura e tranqüila. Aquele que plantando dá! Dá de tudo! Dignidade, respeito e consciência.
Esse sossego é que é um trembãodimaisdacontasô!

Cidadania mais ou menos não nos serve mais! O mundo precisa de mais!

Regina Márcia